5 coisas que não te contam sobre a Medicina Veterinária

vetEu desde criança sempre quis ser veterinária por ter muito amor e vontade de cuidar dos animais, quando finalmente mudei de curso foi uma alegria e no meu primeiro período em uma aula de introdução à Medicina veterinária o professor solta a seguinte frase, na nossa profissão temos que visar o bem estar do ser humano em primeiro lugar. Basicamente toda a minha idéia de que eu estava no curso por que colocava os animais em primeiro lugar e que nós iríamos cuidar deles pelo bem estar deles foi desmanchada e isso foi uma das descobertas que fiz sobre o curso. Então vim dividir algumas coisas com vocês que tem curiosidade ou pensam em fazer esse curso.

A primeira coisa é justamente essa, nós cuidamos dos animais pelo bem estar deles também mas principalmente para proteger o ser humano das zoonoses (doenças transmitidas dos animais para o ser humano) o médico veterinário também é um profissional da saúde que protege o bem estar humano, imagine como seria se todos os animais fossem deixados doentes transmitindo suas doenças para o ser humano ?

A segunda coisa também envolve a ideia de que fazer veterinária é proteger a vida dos animais, nem todas as matérias visam essa idéia e as pessoas extremamente apaixonadas por animais podem sofrer um pouco com matérias como a de tecnologia e inspeção de carne por exemplo, onde é ensinado como é realizado todo o processo do abate e da transformação da carne, e isso inclui até visitas técnicas aos abatedouros frigoríficos, portando é necessário amar os animais mas também entender que nem tudo no curso gira em torno disso.

medvet

A terceira coisa é que para fazer veterinária você pode ter medo de sangue sim, primeiro por que tudo nessa vida é questão de costume, na minha primeira vez na aula de anatomia achei o cheiro insuportável mas com o tempo ele se torna insignificante, o mesmo ocorre com o sangue, depois de tanto ver você se acostuma e aprende a lidar com aquilo. Mas além disso tem matérias e na verdade muitas delas que você nem vai ver sangue e dependendo da especialização que escolher você não terá que lidar com isso. Portando se você tem estômago fraco e escuta as pessoas dizendo que a veterinária não é pra você, não escute.

Quarta coisa é que na veterinária tem matemática e não é pouca, eu sempre fugi das matérias de exatas e nunca me dei bem nelas. A minha ideia era fazer um curso que não envolvesse matemática de forma alguma e quando cheguei no primeiro período logo de cara me deparei com uma matéria que era matemática pura, a bioestatística. Agora já no quarto período, algumas outras matérias envolveram matemática também, como a terapêutica.

A quinta coisa é que antes de tudo você precisa saber lidar com as pessoas, muita gente ,inclusive eu, já usei a seguinte frase “faço veterinária por que prefiro lidar com animais que com pessoas” e é ai que a gente se engana, o proprietário dos animais precisa confiar em você, você precisa saber ter uma boa relação com as pessoas se não como vai lidar com os tutores dos seus pacientes?

Essas são alguma das coisas que eu não sabia antes de entrar na veterinária e que eu gostaria que tivessem me dito!! Nem tudo é como a gente pensa não é?

doguinho

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair /  Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair /  Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair /  Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair /  Alterar )

w

Conectando a %s